Logo Hemosc

COMO DOAR

CADASTRO PARA DOAÇÃO DE MEDULA

A medula

Existem dois tipos de medula: a espinhal e a óssea. A medula espinhal tem por função transmitir impulsos nervosos. Por sua vez, a medula óssea, que é encontrada no interior dos ossos, é a responsável pela produção de sangue (hemácias, leucócitos e plaquetas). É a medula óssea que é doada e usada nos transplantes de medula.

O transplante de medula óssea

É a substituição de uma medula doente por uma sadia com a finalidade de recuperar sua função. Os portadores de leucemias são os doentes que mais se beneficiam dos transplantes de medula. Hoje em dia, este procedimento é a única esperança de cura para milhares de pessoas com a doença. A chance de encontrar uma medula compatível é, em média, de 1 em 100 mil. Por isso, é muito importante um número elevado de voluntários cadastrados para aumentar a possibilidade de se encontrar um doador compatível.

Para ser um doador de medula óssea

• Você deve ter entre 18 e 55 anos completos e estar saudável;
• Uma pequena quantidade de sangue (5 ml) será colhida de uma de suas veias;
• Esse sangue será tipado no sistema HLA;
• A classificação da sua medula será registrada no Registro Brasileiro de Doadores de Medula Óssea – REDOME;
• No caso de um transplante, será verificada a compatibilidade entre a sua medula e a do paciente necessitado;
• Se for compatível, outros exames serão necessários. Por isso, é importante que os seus dados como endereço, telefones e outras informações estejam sempre atualizados.

Como é feita a doação da medula
Existem duas formas de doar. A escolha do procedimento mais adequado é do médico.

1. O doador é anestesiado em centro cirúrgico. A medula é retirada do interior dos ossos da bacia por meio de punções com agulhas. Os doadores retornam às suas atividades habituais uma semana após a doação.
2. O doador toma um medicamento que faz com que as células da medula óssea sejam levadas para a corrente sanguínea. Estas células são retiradas pelas veias do braço do doador, com uso da máquina de aférese.

Nos dois casos, a medula óssea do doador se recompõe em apenas 15 dias. Não há exigência quanto à mudança de hábitos de vida, trabalho ou alimentação.

Os minutos de uma doação podem representar o fim de uma longa espera.


REDOME

Registro Brasileiro de Doadores de Medula Óssea
Rua dos Inválidos, 212, 8º andar – Centro – Rio de Janeiro – RJ
(21) 2505 5656 – redome@inca.gov.br
http://redome.inca.gov.br/

 
Facebook Hemosc