HEMOSC - INSTITUIÇÃO

No início da década de 1960, em Florianópolis foi instalado o Banco de Sangue da Maternidade Carmela Dutra, com objetivo de coleta e armazenamento. Posteriormente, através da Lei 3.555 de 27 de novembro de 1964, foi criado entre outros serviços, o Centro Hemoterápico Catarinense - CHC veio a substituir o Banco de Sangue da Maternidade Carmela Dutra e posteriormente, transferido para nova sede, Rua José Jacques, número 41, Centro - Florianópolis, tendo como finalidade realizar atendimento de todo Estado, com postos instalados nas principais cidades do interior, sendo na época o único banco de sangue do Brasil com essa abrangência.

Em 1971, o Centro Hemoterápico Catarinense foi transferido para o prédio localizado na Avenida Othon Gama D´Eça, número 756, Centro - Florianópolis, permanecendo até hoje. Baseado nas diretrizes do Plano Nacional de Sangue e Hemoderivados - PLANASHE, atualmente Coordenadoria Geral de Sangue, outros Tecidos e Órgãos - SAS, o Centro de Hematologia e Hemoterapia - HEMOSC, foi criado em 20 de julho de 1987, através do Decreto Lei Estadual número 272, com o objetivo básico de prestar atendimento hemoterápico de qualidade a população da região, bem como dar assistência aos portadores de doenças hematológicas.

Com sua área física e seu quadro pessoal ampliado foi criado através do Decreto Lei número 3015, de 27 de fevereiro de 1989, o Sistema Estadual de Hematologia e Hemoterapia, com o objetivo de promover a interiorização das ações relativas ao uso de sangue para fins terapêuticos, a doação voluntária do sangue, medidas de proteção à saúde do doador e receptor, medidas para disciplinar a coleta e o controle de qualidade, condições de estocagem e distribuição de hemoderivados, bem como promover o desenvolvimento de conhecimento científico e tecnológico na área.

O HEMOSC passou a ser o Hemocentro Coordenador, tendo como unidades auxiliares os Hemocentro Regionais, localizados nos municípios pólos de Santa Catarina. Atualmente, o HEMOSC coordena a Hemorrede Pública do Estado de Santa Catarina, composto por seis Hemocentros Regionais, sendo eles localizados em Lages, Joaçaba, Chapecó, Criciúma, Joinville e Blumenau.


Ao HEMOSC como Hemocentro Coordenador compete:

I. Assessorar a Secretaria de Estado da Saúde - SES e demais autoridades do Setor, na formulação da Política Estadual de Hematologia e Hemoterapia, dos planos, programas e projetos, derivados e supervisionar sua execução;
II. Estabelecer normas científicas, técnicas e administrativas, para a organização e funcionamento do sistema;
III. Supervisionar o funcionamento do sistema garantindo a qualidade do sangue e seus derivados, bem como proporcionar todo o assessoramento para que esse objetivo seja atingido;
IV. Aplicar medidas corretivas que sanem eventuais problemas técnicos, organizacionais e operacionais do sistema;
V. Coordenar o sistema de informações na área de hematologia e fornecer as análises indispensáveis à eficácia da sede institucional dos sistemas e suas interfaces com setor saúde;
VI. Coordenar a elaboração de programas especiais e supervisionar a sua implantação;
VII. Promover formação de recursos humanos para o sistema e mantê-lo atualizado e eficiente;
VIII. Exercer, no tocante aos órgãos auxiliares, a supervisão geral de suas operações;
IX. Coordenar a implantação dos órgãos auxiliares nas diversas regiões de saúde;
X. Articular-se com as unidades colegiadas integrantes do Sistema Único de Saúde - SUS.


Imagem Hemocentro

Hemocentro Coordenador


O HEMOSC apresenta algumas particularidades em relação às demais unidades vinculadas à Secretaria de Estado de Saúde. Desde 22 de fevereiro de 1994, com a criação da Fundação de Apoio HEMOSC /CEPON - FAHECE, o gerenciamento de seus recursos vem sendo efetuado pela Fundação, através de parceria estabelecida com o Governo do Estado de Santa Catarina.


 
Facebook Hemosc