Logo Hemosc

NOTÍCIAS

Dezembro Vermelho

O último mês de 2018 chegou. Mesmo em clima de festas, dezembro nos convida para a conscientização também. Neste mês ocorre a campanha “Dezembro Vermelho” que consiste na prevenção e combate do vírus HIV (Vírus da Imunodeficiência Humana) e na conscientização da AIDS (Síndrome da Imunodeficiência Adquirida). O Centro de Hematologia e Hemoterapia de Santa Catarina (HEMOSC) como várias instituições do país e mundo aderiu a campanha com o tema, “Quem se ama, se protege.”

De acordo com dados do Ministério da Saúde, os números de casos com esta doença diminuíram nos últimos anos. No ano de 2014, a taxa de detecção era de 20,8 para cada 100 mil habitantes e, em 2017, foram 18,3, tendo uma queda de 12%. Outro dado importante, é que a taxa de mortalidade pela doença também caiu: de 5,7 por 100 mil habitantes em 2014 para 4,8, em 2017.

Segundo informações da Diretoria de Vigilância Epidemiológica (DIVE), em sete anos, Santa Catarina reduziu 34% a taxa de detecção e em 26% o número de mortes. Hoje, aproximadamente 38.413 pessoas convivem com o HIV no Estado e, em média, 2 mil novos casos de infecções pelo HIV são registrados por ano.

Você sabe qual é a diferença entre HIV e AIDS?

O HIV é o vírus causador da AIDS, ou seja, ter o HIV não é o mesmo que ter a AIDS. Isto significa que uma pessoa infectada pelo vírus pode não apresentar sintomas e nem desenvolver a doença durante anos. A AIDS é a doença que debilita o sistema imunológico de indivíduos infectados pelo HIV.

As formas de transmissão são através de relações sexuais não protegidas, transfusões de sangue, compartilhamento de seringas e agulhas. Para evitar a infecção pelo vírus deve-se usar preservativos e evitar o compartilhamento de perfuro cortantes.

Fonte: Ministério da Saúde e Diretoria de Vigilância Epidemiológica (DIVE).


Data de atualização: 05/12/2018

 
Facebook Hemosc